terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Ou não...


























Você me confunde.
Eu não sei o que você pensa.
Eu não sei o que você quer.
Quando penso que sei
você me confunde novamente.
Me faz pensar o contrário.
Acaba com minhas esperanças.
Me faz reprimir tudo o que achava que poderia sentir.
Poderia... ou sinto.
Escondo.
Disfarço.
Esqueço.. ou não.
Ou não, ou não, ou não...


Eu te quero. Essa é a verdade.
Mas a sua confusão me confunde
... e me funde.
Mistura minha razão e meu coração.
Me deixa fraca, vulnerável, com medo.
Me dá vontade de fugir pra longe de você.
Pra longe de querer você,
Pra longe de gostar de você,
Pra longe até mesmo de mim.
Porque em mim existe você.


A culpa é minha.
Antes de você, sou eu que confundo.
Eu que fujo.
Eu que tento não gostar
E depois colocar a culpa em você
Pra fugir do meu medo.
Medo de te querer,
Medo de você não me querer.
Mesmo assim eu te quero...
Você me querendo "ou não".

7 comentários:

Rafaela disse...

eu só queria o tênis da menina da foto *-*

Sibele disse...

Nossa!Que lindo o poema me identifiquei muito com ele,nossa tem horas que me sinto assim extremamente confusa não sei que caminho seguir em quem acreditar...
Beijos

energizeme disse...

Caráaai Véeei. Gostei do texto, é exatamente pelo que tenho passado ultimamente.. >.>
Bom, muito bom!

Sr. Sete disse...

eu não, ou não...


Enfim, vou dizer que por mais que eu pense em dizer "ou não", o evito. Mas o "ou não" me chamou muito atenção. Não é por simples contradição, nem por estilística de bloguista, mas o "ou não" é (foi) de grande decisão. E deixou-me com a cabeça na confusão de um amor-invensão seguido por diversos e controversos "OU NÃOs".

Cristina Santos disse...

Minina.... que lindo isso... me condunde.. ou não... ual....

Rafaela disse...

obrigada xD

eu quem escrevi... *-*

Tchellinda disse...

eitah... vc eh meu orgulho !! *.*

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo